conecte-se conosco


Regional - ES1.com.br

Concurso da Cooabriel 2022 distribuirá R$100 mil em prêmios

As inscrições para a participação na edição 2022 do “Conilon de Excelência Cooabriel” estão a todo vapor. Os cooperados terão até o dia 02 de setembro para se inscreverem.

Publicado em

Foto: Cooabriel

Dentre os participantes, serão classificados e premiados como finalistas 10 lotes que concorrerão a R$100 mil em prêmios, além de diferencial agregado em leilão.

Todos os cooperados da área de ação da Cooabriel poderão participar com a inscrição de um lote de café da safra colhida no ano de 2022, que pode ter um volume mínimo de três sacas padronizadas após rebeneficiamento (180kg líquidos).

De acordo com o gerente de armazéns da Cooabriel, José Carlos Azevedo, alguns produtores têm perguntado como seria a entrega de um lote de 03 sacas padronizadas. Ele explicou que o produtor leva o café em bica corrida e a Cooabriel padroniza para ele o lote do concurso. “A conversão em média é 10×3, ou seja o cooperado precisa trazer no mínimo 10 sacas de café em bica corrida para resultar em no mínimo, 03 sacas padronizadas, conforme descrito no regulamento do concurso”, detalhou.

Formulário de inscrição – A inscrição é feita através de formulário online onde o cooperado, além de registrar o seu nome e matrícula, responde de forma simples a outras perguntas marcando as opções relativas à sua identificação e ao lote de café inscrito. INSCREVA-SE clicando no link: https://forms.office.com/r/cS8r2HtiFY.

A inscrição é gratuita e pode também ser realizada nas unidades da Cooabriel.

Acesse também o REGULAMENTO: Concurso Conilon de Excelência Cooabriel – Edição 2022 – Cooabriel.

Foto: Cooabriel

Conilon Bebida – O impressionante movimento de motivação para os cafés conilon de qualidade tem sido importante como referência a profissionais da área e incentivo aos produtores.

leia também:  Casagrande assina ordem de serviço e sonho de pavimentação vai virar realidade para moradores de Vila Valério x Jaguaré

A Cooabriel saiu na frente neste movimento desde o ano de 2003 com a realização da primeira edição de concurso para café conilon, avaliando desde a época a qualidade da variedade por meio de provas sensoriais, construindo na ocasião as normas de participação que foram referência por um bom tempo para outras iniciativas.

Ao longo desse tempo muitas ações aconteceram no Espírito Santo e em outros estados produtores de conilon e são aprimoradas para se alcançar níveis elevados de qualidade.

O concurso realizado pela Cooabriel em 2021 foi um divisor de águas e um marco importante de qualidade onde o café campeão, do cooperado Edgar Bastianello, alcançou 90 pontos, bem como 60% dos 10 finalistas alcançaram médias de 85 pontos acima.

“A edição passada do concurso foi muito especial. Trabalhamos duro o ano inteiro e tivemos o momento da recompensa. Temos uma boa expectativa para esse ano E estamos nos dedicando”, disse.

O presidente da Cooabriel, Luiz Carlos Bastianello, reforça as boas perspectivas para 2022. “Na área de atuação da Cooabriel, cerca de 60% do café já foi colhido e há uma expectativa de uma safra melhor do que a do ano passado em produtividade e qualidade. Continuamos o trabalho de incentivo à qualidade em parceria com o Ifes que envolve 1.065 famílias. Nossa objetivo é apoiar o produtor na busca pela qualidade e mostrar o valor do conilon para o mundo”, afirmou.

Dicas que contribuem com a qualidade da bebida

Os cafés deste concurso 2022 ou já foram colhidos e estão sendo processados ou ainda estão na fase de colheita.

leia também:  205 famílias foram afetadas com a forte chuva de terça-feira (15) em São Gabriel da Palha

Vale a pena reforçar algumas dicas que contribuem com a qualidade da bebida do café descritas pelo engenheiro agrônomo e coordenador técnico da Cooabriel, José Roberto Gonçalves.

Antes da colheita, é importante a escolha de lavouras que tiveram uma adubação equilibrada, clones mais propícios para uma bebida superior.

Outro ponto importante é a limpeza de todas as estruturas de beneficiamento do café (reservatórios, lavadores, despolpadores, elevadores, secadores, terreiros, tulhas, entre outros) utilizando água limpa.

É primordial na colheita que os frutos sejam colhidos bem maduros para um bom resultado da bebida, que é melhorada quando os grãos passam por processo de lavagem no mesmo dia da colheita, separando os frutos cerejas dos boias e verdes. Os grãos cerejas podem passar por um processo de fermentação ou passar diretamente para o próximo passo que é a secagem em secador a fogo indireto ou terreiro (priorizando o terreiro suspenso devido maior facilidade de higienização).

Organizar as informações na finalização do lote escolhido para favorecer a rastreabilidade tais como: data da colheita e beneficiamento, processo de secagem, talhão da lavoura, clone, manejo de adubação e fitossanitário.

 “É importante, ficar atento e conduzir o preparo do lote visando a qualidade da bebida. O cooperado que almeja participar de um concurso de qualidade de café, precisa estar atento aos detalhes antes, durante e no pós-colheita para obtenção de uma pontuação superior na bebida do seu café”, explicou.

Fonte: Cooabriel

Regional - ES1.com.br

Colaboradores da Cooabriel participam de treinamento Mapeamento Comportamental

A Cooabriel promoveu mais um treinamento para os colaboradores voltado ao desenvolvimento com base em gestão comportamental. Essa é a quarta turma a receber a capacitação que teve início no ano passado.

O evento, que contou com a parceria do Sistema OCB-ES, foi realizado no dia 29 de junho, em São Gabriel da Palha, sob a organização da equipe de recursos humanos da cooperativa.

O treinamento, chamado de Mapeamento Comportamental, é uma ferramenta para levar o participante a identificar diversas competências e suas principais características, além de ser uma grande oportunidade para o autoconhecimento e o desenvolvimento profissional e pessoal. É aplicado em duas etapas. A primeira de forma on-line e a segunda é presencial, em grupo.

Ao todo, 160 colaboradores de diversos setores já participaram da capacitação que é conduzida pela diretora executiva da Kato Consultoria & Treinamento, a consultora Roberta Kato.

O treinamento reforça aspectos importantes da inteligência emocional, autoavaliação, compreensão das diferenças comportamentais e construção do Plano de Desenvolvimento Humano (PDI).

Foto: Cooabriel

A gerente de recursos humanos da Cooabriel, Marlene Menegassi, ressaltou a importância da realização dessa iniciativa, que propõe levar os colaboradores ao autodesenvolvimento para reforçarem e compreenderam suas principais características, e com isto, aprenderem a lidar com suas emoções e compreenderem os perfis de comportamento dos colegas.

leia também:  Águia Branca adere ao programa Cidade Empreendedora do SEBRAE/ES

“Mudanças acontecem quando você tem o autoconhecimento, você passa a ter o autocontrole das suas emoções e passa a ter maior compreensão ao se comunicar com o outro”, disse.

Ainda, segundo ela, estão programadas novas turmas para julho e também para o próximo ano.

O técnico e consultor de vendas na Loja de São Gabriel, Carlos Keppe, foi um dos participantes do treinamento. “Foi muitíssimo importante, primeiro pela boa palestra. E o incrível foi o resultado que encontramos sobre nós mesmos. O resumo de tudo, revelou exatamente o meu perfil. Me permitiu validar quem sou em tudo, tanto nos pontos positivos, quanto negativos e o que poderei melhorar. Foi uma grande oportunidade da gente se conhecer melhor. Só agradeço”, afirmou.

A Secretária Executiva, Francielle Nunes Eduardo, participou e disse que o treinamento foi uma oportunidade de responder perguntas sobre o autoconhecimento e trabalhar pontos importantes tanto no desenvolvimento pessoal quanto profissional. “O ponto alto foi receber a avaliação do nosso perfil. Confesso que foi muito importante esse diagnóstico, me trouxe contentamento reconhecer quem sou, como estou e quem eu quero ser, meus pontos fortes e o que eu posso melhorar em todas as áreas da vida”.

leia também:  MPES solicita que Prefeitura de Vila Valério informe origem dos recursos que vão custear a Festa do Café

Quem também esteve presente foi a analista de marketing, Ândria Manhães Farias. “Estou muito grata à Cooabriel pelo privilégio de participar em um treinamento como este. Conhecer o meu perfil, as minhas preferências e também as fraquezas na minha personalidade contribuem muito para que eu me torne, não só uma profissional, como também, uma pessoa melhor. Inteligência emocional é um tema muito discutido hoje em dia, ter a oportunidade de entender do que se trata e conhecer estratégias para desenvolver essa habilidade é algo muito importante. Todos queremos alcançar a realização e a felicidade, isso às vezes pode parecer impossível, mas quando participamos de um curso assim, passamos a perceber as possibilidades que existem, muitas vezes até já dentro de nós”, ressaltou.

Fonte: Cooabriel

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!