conecte-se conosco


Regional - ES1.com.br

Cidade Poesia completa 59 anos de emancipação política

Publicado em

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Conhecida como “Cidade Poesia”, Pancas está localizada no interior do Espírito Santo e apresenta uma série de atrativos para os seus visitantes, seja a nível de belezas naturais, seja em variedade cultural. Considerado um dos municípios mais formosos do Estado, Pancas celebra hoje (13), seus 59 anos de emancipação político-administrativa. Como de costume, deixamos aqui nossa homenagem a esse importante município e aos personagens que fazem parte dessa história.

Um pouco da história

Localizada a aproximadamente 190 km de Vitória e 53 km de Colatina, entre montanhas rochosas no noroeste do Espírito Santo, Pancas é considerada um berço da fauna e da flora da Mata Atlântica. Até 1918, seu território era habitado somente por nativos. Com a colonização do Norte do Espírito Santo, passou a ser comandada por oriundos do Estado de Minas Gerais e imigrantes europeus, ambos em busca de boas terras para iniciar atividades agrícolas. Foi emancipada em 13 de maio de 1963 e, segundo dados do IBGE, tem uma população de cerca de 23 mil habitantes.

Foto: Divulgação

Entre as principais atividades desenvolvidas na região, destaca-se a produção de café, além da crescente área do turismo. Constituída pelos distritos de Vila Verde e Laginha, Pancas faz parte da Região Turística Doce Pontões Capixabas. Atualmente, ainda preserva seu caráter encantador de vilarejo.

Pancas é conhecida por suas formações rochosas que atraem aventureiros e admiradores da natureza. Com verão intenso, a região é ideal para curtir férias. Cachoeiras, trilhas inexploradas, muita natureza e montanhas cênicas compõem as atrações da cidade. Além da gastronomia típica, do artesanato e da cultura alemã e pomerana, os aventureiros podem praticar esportes radicais.

Foto: Divulgação

Monumento Natural dos Pontões Capixabas

Conjunto de formações rochosas nos municípios de Pancas e Águia Branca. As formações fazem do local um dos mais incríveis visuais do país, tendo como horizonte dezenas de formações rochosas com mais de 500 metros de altura. Algumas das formações possibilitam escaladas e subidas por trilhas.

Foto: SETUR

Rampa de Voo Livre Clementino Izoton

leia também:  Cooabriel disponibiliza R$3,4 milhões em crédito aos cooperados para aquisição de produtos em suas lojas

Uma das principais rampas de voo livre do Brasil. A localização privilegiada da região faz com que o local seja ideal para esportes radicais.

Foto: Divulgação

Pedra do Camelo

Um dos principais pontos turísticos da cidade. Como o próprio nome já diz, a pedra em forma de camelo possui 720 metros de altura.

Foto: Divulgação

Pedra da Agulha

Segunda maior pedra em forma de chaminé do Brasil, com cerca de 500 metros de altura.

Foto: Divulgação

Cachoeiras

Pancas também é cercada por cachoeiras. Dentre elas destaca-se a Cachoeira do Bassani, localizada a 3 km do centro da cidade e muito procurada no verão, a cachoeira divide-se em duas características geomorfológicas: a metade superior é inclinada, enquanto que a metade inferior constitui-se num grande escorregador que termina em um poço. Outros destaques são: a Cachoeira de Santa Ana, localizada a cerca de 40 km da sede; Cachoeira e Prainha do São Luís, que fica próxima à cidade a 2 km da sede e a Cachoeira do Moraes, no distrito de Vila Verde.

ESPORTES

Foto: Divulgação

A Cidade Poesia tem grande potencial nos esportes radicais, como voo livre (parapente e asa-delta já difundidos), trekking, enduros, rapel, entre outros, proporcionando um contato direto com a natureza.

Voo livre – parapente e asa-delta

Pancas é um local conhecido por muitos desbravadores do voo livre, tendo sediado várias etapas do Campeonato Capixaba de Voo Livre, onde as pedras e montanhas impõe o devido respeito e geram enormes termais.

Rapel

O rapel é uma técnica vertical praticada com uso de cordas e equipamentos adequados para a descida de paredões e vãos livres bem como outras edificações. Em Pancas, um dos pontos mais procurados pelos rapeleiros é a Pedra da Boca. São 100 metros de descida, sendo 60 metros só de trecho negativo, sem contato com a rocha e com um visual surpreendente.

leia também:  São Gabriel da Palha: Saiba como acompanhar o trabalho do seu vereador

Parabéns Pancas

Dr. Sidiclei

Prefeito de Pancas

Foto: Arquivo Pessoal

Representa um porto seguro, meu ponto de apoio. Pancas é o meu lar, onde crio minhas filhas, vivo com minha família e tenho a honra de conviver com gente de bem. Um povo que trabalha com o mesmo objetivo, para que seus filhos continuem a sonhar com o futuro, um horizonte que trabalho diariamente para ajudar a construir. O meu carinho e respeito pelo povo panquense é imenso, porque aprendi a valorizar desde pequeno o fruto da terra. Por isso, morar em Pancas é estar cercado de valores tão sólidos quanto nossas belas montanhas. Representa compreender a importância da união e renovar a cada dia a nossa fé para buscar novos projetos e encarar o desafio de fazer mais e melhor. Esses 59 anos de história nos mostram que não existem fronteiras para alcançar os objetivos. Nos comprova que com Deus à frente, barreiras são transpostas. E assim, tudo dá certo.

Cícero De Melo Tesch

Auxiliar de Serviços Gerais e Guia Turístico

O que falar de Pancas?!
Lugar de gente acolhedora de muitas histórias de gente batalhadora, local de grandes descobertas chão de terra firme rica em pedras.
Local onde nasci e me criei ouvindo melodias que o próprio povo aqui fez, moradia de pessoas felizes aquelas que aqui ergueram suas matrizes.
Da Camelo a Agulha, olhos vidrados em tamanhas esculturas, que rasgam o céu azul enchendo os olhos de qualquer um.
Tem Cultura ainda viva onde falam das raízes do braço do homem no campo até a Dança em dias festivos.
Tem Turismo de aventura, pra qualquer tipo de pessoa, da criança ao idoso e sempre saíram com um sorriso no rosto.
Sem falar da Culinária que no tempo não se perdeu, trazendo aromas e sabores que quem experimentou jamais esqueceu.
Eu sou de Pancas sou Capixaba de uma Terra Adorada.
Parabéns Pancas!

Fonte: Editora Hoje

Regional - ES1.com.br

Sala do Empreendedor é inaugurada em Marilândia

Na manhã desta sexta-feira (27), o prefeito de Marilândia, Gutim, juntamente com o vice-prefeito Warley Arrivabeni, inauguraram a Sala do Empreendedor que passa a atender todo o município. A sala é fruto de uma parceria entre Prefeitura de Marilândia, Sebrae, Aderes e Governo do Estado.

Foto: Divulgação

A Sala do Empreendedor é um local onde facilita os processos de abertura de empresas, regularização e baixa, bem como serviços exclusivos aos Microempreendedores Individuais (MEI).

Na oportunidade o prefeito Gutim comemorou a inauguração: “Hoje demos um importante passo no incentivo as empresas e aos empreendedores do nosso município, a Sala do Empreendedor, que vem com o intuito de auxiliar o empreendedor a dar seu primeiro passo no seu negócio. Aqui o empreendedor sairá com a sua empresa praticamente legalizada. Uma sala que vem para desburocratizar, apoiar e incentivar os empreendedores do nosso município”.

“É a nossa gestão municipal pública de mãos dadas agora também com o empresário, criamos aqui um ambiente confortável para que você possa trazer aqui suas demandas e resolver com mais facilidade, estamos juntos, de mãos dadas com mais facilidade e que esse município possa crescer ainda mais”, pontuou o vice-prefeito, Warley Arrivabeni.

leia também:  Casagrande atende pedido de Freitas e anuncia edital de obras na ES-130 e ES-209 no Norte

O funcionamento será de segunda a sexta, das 9h às 16h; e está localizada no Centro de Atendimento Ao Cidadão (CIAC).

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Fonte: Editora Hoje

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

NOVO GIF SICOOB
Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma