conecte-se conosco


Educação - ES1.com.br

Capacitação gratuita para profissionais da Educação em curso na área de Deficiência Auditiva

Publicado em

A Secretaria de Estado da Educação (Sedu) está abrindo 330 vagas para profissionais da educação se capacitarem para atender os estudantes com necessidades educativas especiais (deficiência auditiva), além de subsidiar o desenvolvimento de práticas pedagógicas inovadoras que possibilitem o acesso dos estudantes ao currículo.
As inscrições devem ser realizadas de 09 a 13 de março, por meio do envio da documentação comprobatória, exclusivamente pelas agências da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Correios), via Sedex, ao Centro de Formação de Profissionais da Educação (Cefope), localizado na Secretaria Estadual de Educação, Avenida César Hilal, 1111, Sala 219, Santa Lúcia, Vitória, ES, CEP 29056-085.
As inscrições são abertas para professores, pedagogos, coordenadores e diretores das redes estadual, municipal e também dos Institutos Federais de Educação (Ifes).
Neste ano, além da realização do curso nos Centros de Formação de Profissionais de Educação e Atendimento às Pessoas com Surdez – CAS/EOA (Escola Oral e Auditiva), localizados em Cachoeiro de Itapemirim, Vila Velha e Vitória, haverá também turmas nos municípios de Colatina e Linhares.
O curso terá carga horária total de 180 horas, realizado na modalidade presencial, no período de 24 de março a 1º de dezembro.
Todas as informações estão disponíveis no edital publicado nesta quarta-feira, 07, no Diário Oficial do Estado e também no site da Sedu – www.educacao.es.gov.br.

leia também:  Isentos do Enem que faltaram sem justificativa perderão gratuidade

Governo ES

Educação - ES1.com.br

Dia D da Busca Ativa Escolar de Nova Venécia acontece às quintas-feiras

A Prefeitura de Nova Venécia, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Seme), seguindo o cronograma do dia D da Busca Ativa Escolar, na quinta-feira (30), disponibilizou equipes para visita técnica aos Distritos de Cedrolândia e São Gonçalo, pela manhã e em bairros do município veneciano, no período da tarde. Foram recebidos  7 alertas, sendo 5 localizados com êxito.

A Seme implantou  a estratégia Busca Ativa Escolar no ano passado, com o objetivo de identificar, registrar, controlar e acompanhar crianças e adolescentes, em idade escolar obrigatória, de 4 a 17 anos que estão fora da escola.

A partir de abril deste ano, a Seme criou o dia D,  que acontece  semanalmente às quintas-feiras. O trabalho é desenvolvido  entre as Secretarias Municipais de Educação, Saúde e Assistência Social, cada uma atuando no âmbito de suas competências de forma integrada e articulada.

De acordo com a coordenadora da Busca Ativa, um cronograma é feito pelo setor com base nas informações inseridas, feita pela unidade escolar, na plataforma. “Os  dados da Plataforma nos permitem  identificar se o aluno está matriculado e não está frequentando as aulas”, disse. Segundo ela, outra forma de obtenção de informações é por meio dos agentes de saúde, que,  ao visitarem as famílias, acabam por identificar  alunos fora da escola.

leia também:  Prefeito Pedro Pão visita obra de reforma e ampliação da EUM Santa Helena em São Domingos

Além de trazer o aluno de volta para a escola, a estratégia monitora a criança e/ou adolescente para garantir sua permanência nas unidades escolares.

Sobre a estratégia
A Busca Ativa Escolar foi desenvolvida pelo Fundo das Nações Unidas para Infância (UNICEF), em parceria com a União de Nacional de Dirigentes Municipais de Educação (Undime), com o apoio do Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde,  como estratégia para apoiar os governos na identificação, registro, controle e acompanhamento de crianças e adolescentes, em idade escolar obrigatória, de 4 a 17 anos.

Fonte: Ascom|PMNV

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

novo cartaz apae2