conecte-se conosco


Pets - ES1.com.br

Campanha de Adoção de animais resgatados segue durante pandemia

Dos 21 animais colocados para adoção, 9 ainda seguem a procura de um lar

Publicado em

Foto: divulgação

Doze animais resgatados após o rompimento da barragem de Fundão, em 2015, foram adotados durante a pandemia. Os cães e gatos ficam sob os cuidados da Fundação Renova em Mariana. Em função da pandemia da Covid-19, o programa de Assistência aos Animais está realizando o processo de adoção à distância e a entrega do animal diretamente na residência do interessado em adotar.

Esse formato de atendimento passou a ser oferecido diante do atual cenário, já que os eventos de adoção e as visitas ao centro onde os animais vivem foram suspensas. Nove cães e uma gata seguem disponíveis para adoção. Todos os animais estão castrados, vermifugados, com todas as vacinas em dia e aptos a participarem do processo de adoção à distância.

Para que a intermediação online se inicie, o interessado deve entrar em contato pelo número (31) 97112-3867 (também WhatsApp) ou pelo e-mail [email protected] Em seguida, ele recebe informações e imagens do animal, conforme a necessidade de cada caso, e, também,  das orientações sobre o processo de adoção.

leia também:  Lei proíbe uso de animais em testes no Espírito Santo

O próximo passo é a realização de uma entrevista remota para que a equipe entenda o perfil buscado pela pessoa.

Finalização do processo e entrega do animal

“Após um bate-papo para tirar todas as dúvidas e estando tudo ok, passamos para o processo de confirmação da adoção e articulação da entrega do animal, seguindo todas as recomendações de proteção diante do atual cenário de enfrentamento da Covid-19. Nesse formato, o processo ficou mais prático para as pessoas interessadas, porque buscamos uma aproximação real passando todas as informações necessárias mesmo sem as visitas presenciais”, explica Luciana Sales, da equipe de assistência aos animais da Fundação Renova.

Outro cuidado do programa de Assistência aos Animais é a sensibilização/conscientização do tutor. Antes da adoção, a pessoa interessada recebe também a cartilha sobre guarda responsável e bem-estar animal elaborada pelo programa, que descreve o cenário ideal para o seu dia a dia. A partir daí, documentos como o termo de adoção e responsabilidade são oficializados.

Foi o novo formato de atendimento que possibilitou a Carlos Braga, de Governador Valadares, adotar a cadela Orlandinha durante a pandemia. “Me deixaram totalmente informado quanto a ela, adiantaram tudo o que gosta de fazer e alertaram que é bastante agitada. No dia da entrega, a veterinária veio bem preparada e no horário certinho. Quando chegou, me explicou tudo o que precisava fazer e mostrou os documentos da Orlandinha, inclusive o cartão de vacina, indicando a próxima que deve ser aplicada”, lembra.

leia também:  Veja data e locais da Campanha de Vacinação Antirrábica em São Gabriel

Carlos tem apenas uma ressalva: “Me disseram que ela é um amorzinho de animal, só não imaginei que fosse tanto. Estou apaixonado!”.

Conheça os animais que fazem parte do catálogo de adoção. Se ficar interessado em adotar algum bichinho, entre em contato com o programa para saber se ainda está disponível.

Programa de Assistência aos Animais

Luciana Sales
(31) 97112-3867 (também WhatsApp)

[email protected]

 

Fonte: Fundação renova

Pets - ES1.com.br

Amanhã é o “Dia D” da Campanha de Vacinação Antirrábica em Vila Valério

A prefeitura de Vila Valério informa que o “Dia D” da Campanha de Vacinação Antirrábica 2021 acontecerá amanhã, sábado, 23, no Centro da cidade, em frente ao Posto de Saúde de 7 às 14 horas. A vacina antirrábica é ainda a única forma de prevenir a enfermidade e manter os pets saudáveis. Fatal em quase 100% dos casos, a raiva é uma zoonose que pode também afetar o ser humano por isso os cuidados se redobram no combate e prevenção da doença.

Através da vacinação destes animais a população humana da região se torna protegida, visto que a transmissão do vírus rábico em humanos está envolvida principalmente através de acidentes e ataques de cães e gatos.

Importância da vacina 

Em casos de acidente com mordida de animais, se o mesmo estiver vacinado, a pessoa não precisa ser vacinada, o cachorro/gato fica em observação durante 10 dias. Por isso há importância na vacinação. A vacina é gratuita e é uma responsabilidade social e legal.

É importante levar algumas informações em consideração, como, por exemplo, a vacinação a ser aplicada possui eficácia de cobertura de 95%, e quase sem efeitos colaterais; animais que estão em tratamento com antibiótico e/ou anti-inflamatório deverão ser vacinados somente após o término do tratamento; as vacinas não serão entregues para aplicação em casa; cães de grande porte ou agressivos deverão estar de focinheira; apenas cães com idade superior a 90 dias serão vacinados; fêmeas em gestação ou que estejam amamentando também podem ser vacinadas; o cartão de vacina deverá ser levado, quando tiver.

leia também:  Amor pela vida: em São Gabriel, pets estão ganhando cada vez mais um espaço importante nas famílias

Fonte: Editora Hoje

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!
Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma