conecte-se conosco


Cidades

Assistência Social e Polícia Militar firmam parceria para intensificar os Serviços de Abordagem Social em Vila Valério

Publicado em

As ações em conjunto ocorrerão de forma constante. Foto: Divulgação

Na última semana, a Secretaria de Assistência Social de Vila Valério e Militares do Destacamento, realizaram uma reunião com o intuito de intensificar os trabalhos de abordagem social a pessoas de vulnerabilidade em situação de rua no município.

De acordo com o Comandante da 3ª Cia do 2º BPM, Capitão Cleiton José Brito, com o início da colheita do café já é possível perceber um aumento do número de andarilhos e moradores de rua nos municípios produtores do grão.

“Em Vila Valério esperamos que a partir desta ação integrada entre o Poder Público Municipal e a Polícia Militar seja possível mitigar este problema, por meio de operações constantes que permitam conhecer as pessoas em situação de rua, identificar as causas que levaram a esta realidade, além de fazer os encaminhamentos necessários para a reintegração à família, retorno à cidade de origem, tratamento médico adequado, de acordo com o caso, além de identificação de possíveis foragidos da justiça”, informou o Comandante .

A secretária de Assistência Social Rozimárcia Izoton, falou sobre a importância da parceria no serviço de abordagem social. “Diante de motivos como a chegada de pessoas desconhecidas, uso de álcool e/ou outras drogas, desavenças entre os próprios moradores de rua, segurança da equipe de atendimento a esse público e também segurança e bem-estar da população, fui em busca dessa parceria e tive excelente retorno por parte da PM”, afirmou Rozimárcia.

leia também:  ES: Frente fria chega ao Estado

Fonte: Editora Hoje

Cidades

Da Vitória cobra concessionária por duplicação na BR-101

Foto: divulgação

Em pronunciamento no plenário da Câmara Federal nesta quarta-feira (09), o deputado e coordenador da bancada capixaba, Da Vitória (Cidadania), cobrou a concessionária Eco 101, que administra a BR-101 no Espírito Santo, que resolva logo o impasse para a execução das obras de duplicação no trecho norte da rodovia. Na última semana, foi apresentada como alternativa a suspensão por conta da falta da licença ambiental das obras em seis municípios do Estado (Sooretama, Jaguaré, São Mateus, Conceição da Barra, Pinheiros e Pedro Canário), o que foi criticado pelo parlamentar.

Da Vitória pontuou que a concessionária já administra há oito ano a rodovia no Estado e ainda não conseguiu resolver o impasse do licenciamento ambiental nos 25 quilômetros localizados na Reserva de Sooretama, o que vem impedido que as obras avancem na região Norte. Por isso, a bancada capixaba irá convocar a concessionária, além do Ministério da Infraestrutura, da ANTT, e do Ibama para debater e encontrar uma solução.

“A proposta de excluir os seis municípios da duplicação da BR-101 é esdrúxula e pitoresca. Não tem cabimento. O que precisa ser feito é excluir apenas os 25 quilômetros da Reserva de Sooretama enquanto se debate com o Ibama e o ICMBio. A duplicação é estratégica para o desenvolvimento do Estado e para a redução do número de acidentes”, afirmou o coordenador da bancada federal capixaba.

leia também:  Servidor gabrielense recebe homenagem em unidade prisional de Colatina

Ele ainda lembrou que dentro do trecho que compreende os seis municípios do extremo norte existem duas praças de pedágio funcionando há mais de sete anos. “Não há justificativa de tomar o dinheiro do cidadão e não fazer as obras que estão assinadas em um contrato. Vamos lutar firmes para que a população capixaba receba o devido respeito”, reforçou.

A BR-101 é a principal rodovia do Espírito Santo e corta o Estado de norte a sul. Os 458 quilômetros em área capixaba estão sob regime de concessão desde 2013. Apesar de ter obras em andamento, o trecho sul da BR-101 também enfrenta lentidão para a duplicação plena das vias.

 

Fonte: Assessoria

Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!

INFORMATIVO

Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma