conecte-se conosco


Policial - ES1.com.br

Alunos se apresentam para o Curso de Habilitação de Sargentos 2021

Publicado em


Em consequência da matrícula no Curso de Habilitação de Sargentos 2021(CHS-2021), publicada no BGPM 028 de 16 de julho de 2021, apresentaram-se na Academia de Polícia Militar do Espírito Santo (APM/ES) para uma palestra de orientações, nesta quinta-feira (22), os 348 militares aprovados no processo de seleção.

Devido a atual condição pandêmica vivida pela comunidade mundial, foi necessário implementar uma série de adaptações durante a condução dos cursos ministrados na APM. Por esse motivo, a apresentação do CHS-2021 se deu separadamente. A 1ª Companhia, do 1º ao 6º pelotões, no período matutino e a 2ª Companhia, do 7º ao 12º pelotões, no período vespertino.

Na oportunidade, os alunos sargentos receberam as boas vindas do diretor de Ensino, Instrução e Pesquisa, coronel Alessandro Marin, e do comandante da Academia de Polícia Militar do Espírito Santo, tenente-coronel Pablo Couto Ferreira.

O diretor de Ensino, Instrução e Pesquisa da PMES frisou em sua fala que cada aluno sargento possui uma trajetória pessoal e profissionalmente, isso levará a níveis diferentes de dificuldades ao longo do curso. Além disso, os desafios apresentados serão somados das grandes mudanças sociais dos últimos anos. Contudo, a DEIP e a APMES estão preparados para ser um agente facilitador nessa importante jornada.

leia também:  Polícia Militar Ambiental divulga resultado de Operação contra crimes de caça no norte do Espírito Santo

O comandante da Academia destacou a importância do empenho integral dos discentes no curso de habilitação, pois marcará não só suas carreiras, mas também a sua vida como um todo, não é apenas uma ascensão funcional, mas a oportunidade de satisfazer desejos e anseios pessoais a muito represados.

Expectativa e Inovação

“Após a aprovação no processo seletivo, estava ansioso para convocação de início do curso”, confidenciou o aluno sargento F. Pereira, e acrescentou: “É uma oportunidade ímpar participar dessa habilitação profissional que nos munirá das habilidades necessárias para o exercício de uma nova função. Além disso, a estrutura disponibilizada para a realização das disciplinas na modalidade à distância me surpreendeu positivamente reafirmando meu sentimento de participar de uma instituição que abraça as tecnologias de vanguarda, buscando sempre a eficiência na prestação do serviço público”.

Curso de Habilitação de Sargentos

Com início no último dia 19 de julho na modalidade Ensino a Distância (EAD), e previsão de início das atividades presenciais agendada para o dia 31 de agosto, o curso conta com matérias como Abordagem Sociopsicológica do Crime e da Violência, Direitos Humanos e Ética no Serviço Público, além das matérias técnicas necessárias para o desenvolvimento da nova função. Com um total de 810 horas de atividades práticas e teóricas, o curso tem previsão de duração de cinco meses, com a data de conclusão prevista para o dia 09 de dezembro de 2021.

leia também:  MPES denuncia mais dez investigados na Operação Panaceia

Informações à Imprensa:

Diretoria de Comunicação Social PMES:
CORONEL JOSÉ AUGUSTO PICCOLI DE ALMEIDA
Tels. (27) 3636-8717 / 3636-8718
E-mail: [email protected]

Subseção de Jornalismo PMES:
Tel. (27) 3636-8715
E-mail: [email protected]

Fonte: PM ES

Policial - ES1.com.br

PCES e PMES prendem quatro suspeitos de tráfico de drogas durante operação em Vitória



A equipe do Departamento Especializado de Investigações Criminais (Deic) realizou, nessa terça-feira (25), uma ação com policiais militares do 1º Batalhão. A ação aconteceu no bairro Ilha do Príncipe, em Vitória, e, na ocasião, quatro indivíduos foram presos com arma, drogas e munições. 

Por meio dos trabalhos de inteligência, os policiais receberam a informação de que, durante a madrugada, um grupo de indivíduos estava abordando veículos em duas ruas do bairro Ilha do Príncipe, com o objetivo de identificar os condutores e, em alguns casos, efetuando roubos aos ocupantes dos carros.

Chegando no local, os policiais encontraram um grupo de indivíduos, sendo que dois deles, usando máscaras e de posse de arma de fogo, fugiram assim que avistaram as viaturas. Entretanto, a equipe de policiais conseguiu seguir os suspeitos até entrarem em uma casa amarela.

Diante do flagrante delito, as equipes entraram no imóvel e encontraram dois homens de 22 e 25 anos. Dando continuidade às diligências, outro suspeito de 37 anos foi localizado tentando se esconder debaixo da cama. Com ele, os policiais encontraram um carregador de pistola calibre 9mm, municiado com nove munições do mesmo calibre. 

Ainda na residência, em outro quarto, um suspeito de 29 anos foi encontrado escondido no guarda-roupa, com uma máscara do pânico e uma pistola de cor preta. Durante as buscas pessoais, os policiais ainda localizaram com o suspeito uma pistola da marca CZ, modelo P-09, calibre 9mm, com carregador de capacidade para 19 munições, municiada com 19 munições e alimentada pronta para uso.

Na sala da residência ainda foi encontrada uma caixa contendo 14 pedras de substância similar a crack, 23 pinos de substância similar à cocaína, 26 buchas de substância similar à maconha. Além de um frasco de lidocaína, usado para o preparo de cocaína, selos adesivos para droga, um pedaço de substância similar a crack, aproximadamente do tamanho de um sabonete.

Durante a operação, as equipes contaram com o apoio do serviço de inteligência com agentes em viaturas descaracterizadas e do equipamento drone, que monitorava em tempo real toda a movimentação no local. Dessa forma, os policiais puderam observar quando outro suspeito correu pelo beco, nos fundos da igreja Assembleia de Deus, com algo em mãos.

De imediato, os policiais foram até o local, uma edificação de três pavimentos, e localizou no térreo do imóvel um tablete de, aproximadamente, 300g de uma substância similar à maconha e uma balança de precisão. O suspeito acabou se evadindo do local, não sendo localizado.

“A operação teve o objetivo de reprimir crimes patrimoniais e outros conexos, como roubo a transporte coletivo no bairro Ilha do Príncipe”, destacou o titular da Divisão de Repressão aos Crimes Contra o Patrimônio (DRCCP), delegado Gabriel Monteiro.

Os suspeitos foram autuados por tráfico e associação para o tráfico, sendo encaminhados para o Centro de Triagem de Viana (CTV), onde permanecem à disposição da Justiça.

Texto: Victória Meireles, estagiária da Seção de Imprensa e Comunicação Interna (Sicoi).

Assessoria de Comunicação Polícia Civil
Comunicação Interna – (27) 3137-9024
[email protected] 

 

Atendimento à Imprensa:
Matheus Zardini / Camila Ferreira
(27) 3636-9928 / (27) 99297-8693 / (27) 99231-5157
[email protected]

leia também:  Militares apresentam trabalhos no 1º Seminário Internacional de Editores e Pesquisadores na área de Segurança Pública
Visualizar

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!!
Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma