conecte-se conosco


Estado

Aderes seleciona entidades para capacitar empreendedores

Publicado em


.

Entidades interessadas em participar da seleção para administrar núcleo de capacitação e de produção para empreendedores têm até esta sexta-feira (18) para se inscrever no Edital de Chamamento Público da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas do Estado (Aderes).

Ao todo, serão selecionadas quatro organizações da sociedade civil, privadas e sem fins lucrativos, com a finalidade de gerir núcleos de produção nas mais diversas áreas da confecção e alimentação. O investimento global é R$ 120 mil, sendo o limite de cada proposta de R$ 30 mil.

Esses espaços vão funcionar como locais de capacitação e de produção para atender os empreendedores do Estado. Os núcleos poderão ainda, quando necessário, serem locados pelos alunos capacitados e empreendedores da região para utilização das máquinas e equipamentos existentes no local, com objetivo de facilitar a fabricação de produtos de acordo com área de atuação.

Segundo o diretor técnico da Aderes, Hugo Tofoli, a intenção desse chamamento

público é fortalecer os micro e pequenos empreendedores do Espírito Santo. “Vamos oferecer qualificação de mão de obra para atender às demandas dos municípios, proporcionando dessa forma o desenvolvimento econômico da região gerando trabalho e renda”, esclareceu o diretor técnico da Aderes.   

leia também:  Primeiro mês do Programa EscoLAR fecha com 70% de engajamento dos alunos da Rede Estadual

Os interessados em participar da seleção devem enviar proposta para o e-mail, [email protected]. A documentação também pode ser entregue, pessoalmente, na sede da Aderes que fica localizada na Avenida Nossa Senhora de Penha, 714, 5ª andar, Ed. RS Trade Tower, Praia do Canto, Vitória, seguindo todas as recomendações necessárias.

Hugo Tofoli alertou que é obrigatório apresentar propostas que contemplem a capacitação e treinamento de, no mínimo, 50 pessoas, além de disponibilizar as máquinas e equipamentos para a produção dos empreendedores em, no mínimo, 20 horas semanais, sendo considerada desclassificada a proposta fora deste padrão.

 

Saiba mais

Edital nº 008-2020 – Chamamento Público Núcleos de Produção – 04 Núcleos

 

Retificação Edital nº 008-2020 – Chamamento Público Núcleos de Produção – 04 Núcleos

 

https://aderes.es.gov.br/arquivos

 

Conheça mais ações da Aderes para Impulsionar a Economia do Pequeno Negócio

https://aderes.es.gov.br/Notícia/governo-do-estado-lanca-acoes-para-impulsionar-crescimento-dos-pequenos-negocios

 

 

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Aderes
Débora Pedroza
[email protected]

 

Fonte: Governo ES

Estado

Governo do Estado prevê orçamento de R$ 18,9 bilhões para 2021


O Projeto da Lei Orçamentária Anual (PLOA) 2021 foi encaminhado, nesta quarta-feira (30), pelo Governo do Estado para apreciação e votação da Assembleia Legislativa. O orçamento global previsto para o próximo ano é de aproximadamente R$ 18,9 bilhões, sendo 4,29% menor em relação à peça orçamentária de 2020. Com os recursos, a administração estadual vai investir, entre outros projetos, na construção, reforma e ampliação de hospitais, escolas erodovias. Também está prevista a realização de concursos públicos em cinco Secretarias e Órgãos.

As áreas estratégicas de Educação, Saúde, Segurança, Infraestrutura e Justiça estão entre as contempladas com maiores percentuais, em relação à receita global, com todas as fontes do orçamento. Para a Educação foram destinados aproximadamente R$ 2,685 bilhões; para a Saúde, R$ 2,681 bilhões; para a Segurança, R$ 1,778 bilhão; para a Infraestrutura; e para a Justiça, R$ 513 milhões.

Para o ano de 2021, o Governo do Estado prevê realização de concursos públicos em cinco Secretarias e Órgãos, considerados áreas com maior mobilidade de pessoal: as Secretarias da Fazenda (Sefaz), Educação (Sedu) e Justiça (Sejus), Polícia Civil e o Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases). De acordo com o secretário de Estado de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc, caberá a cada órgão definir prazos e quantitativo de vagas para cada um desses concursos.

leia também:  Primeiro mês do Programa EscoLAR fecha com 70% de engajamento dos alunos da Rede Estadual

Recursos de Caixa

Recursos de Caixa do Estado disponíveis para o próximo ano são estimados em R$ 12,719 bilhões, sendo 5,14% menores do que os estabelecidos no PLOA 2020. Já para os demais Poderes e Órgãos independentes – Legislativo, Judiciário, Ministério Público, Tribunal de Contas e Defensoria Pública – o valor global previsto no PLOA 2021 chega a aproximadamente R$ 2,011 bilhões. 

Investimentos

O valor de investimentos previsto no orçamento do próximo ano é de aproximadamente R$ 1,949 bilhão, envolvendo recursos de todas as fontes, que envolvem os de Caixa do Governo e de operações de crédito do Estado com instituições financeiras como o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

As diretrizes que norteiam o orçamento do próximo ano, segundo o secretário Álvaro Duboc, são equilíbrio fiscal, fortalecimento das políticas públicas e a celeridade na execução dos investimentos programados.

A peça orçamentária de 2021, afirma o secretário, estabelece adequação das despesas à receita prevista e está alinhada com o Planejamento Estratégico do Governo. Leva em consideração também o atual cenário econômico, com o forte impacto causado pela pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) na arrecadação do Estado.

Duboc ressalta, porém, que com planejamento e organização nas contas, mesmo com a previsão de queda de receita própria e de transferências da União, o Governo do Estado seguirá realizando investimentos visando ao desenvolvimento sustentável, equilibrado e regionalizado do Estado e à qualidade de vida da população.

leia também:  Renato Casagrande anuncia repasse a projetos de apoio à população em situação de rua durante a pandemia

Entre esses investimentos estão os que envolvem projetos de infraestrutura, como os de construção de rodovias, melhoria da mobilidade urbana e macrodrenagem, e também de hospitais, escolas, unidades policiais e prisionais.  

LOA

A Lei Orçamentária Anual (LOA) é um instrumento de planejamento de curto prazo, que prevê as receitas e despesas e os investimentos do Estado para o próximo ano. É compatível com o Plano Plurianual (PPA) e com a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e tem o objetivo de demonstrar todos os recursos que serão arrecadados (receita), assim como todos os valores a serem gastos (despesas) em um determinado exercício financeiro.

A elaboração do orçamento geral do Estado e o controle de sua execução, além da coordenação do Planejamento Estratégico da administração estadual e o gerenciamento intensivo dos projetos estratégicos do Governo estão entre as responsabilidades da Secretaria de Economia e Planejamento (SEP).

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da SEP
Claudia Feliz
(27) 3636-4258 / 99507-4071
[email protected] 

 

Fonte: Governo ES

Visualizar

MAIS LIDAS

error: O conteúdo está protegido !!
Chat aberto
1
Precisa de nossa ajuda ?
Olá, nós do ES1 podemos te ajudar de alguma forma